• Aghata Valentim

Afinal, sentir ciúme é bom ou ruim?

Uma vez eu li, em algum lugar, sobre o ciúme. Fiquei chocada em como o autor retratou esse sentimento. Ele simplesmente decretou que o ciúme era o pior sentimento que um casal poderia sentir e que, com certeza, a relação não sobreviveria por muito tempo.

Vamos ser sinceros consigo, agora! Quem nunca sentiu ciúme de alguém nessa vida?

Eu mesma já senti e sinto até hoje. E, para uma pessoa que acabou de admitir que sente ciúme, ler o artigo desse bendito autor, não foi nada fácil. Eu realmente me senti uma pessoa horrível. Ah, e ele deixou bem claro que toda a intensidade do ciúme era ruim, incluindo aquele ciuminho básico.

Então, o que acharam disso? Assustador, não é?

Bem, ouso dizer que, definitivamente, não concordo com o autor.

Nós sabemos muito bem que, quando uma pessoa não demonstra nenhum tipo de zelo conosco, nos sentimos desvalorizados e até mesmo, não amados. Achamos que a pessoa não gosta tanto assim da gente. E, uma forma de demonstrar o contrário disso, é sentir e até mesmo demonstrar aquele ciuminho básico.

Não estou dizendo para você sair implicando com toda mulher ou todo homem que chegar perto do seu parceiro. Calma, também não é bem assim!

Todos nós vivemos em sociedade, temos relações sociais no trabalho, no círculo de amigos e, etc. É super normal você estar em contato com outras pessoas e, inclusive do sexo oposto. Mas, como demonstrar esse ciuminho básico, DE VEZ EM QUANDO? Claro, não torne isso um hábito.

Primeiramente, seja sincera! Se você sentir ciúme de determinada pessoa e o comportamento dela com o seu parceiro ou parceira lhe incomodar, apenas fale. Explique, com fundamento, o motivo do seu ciúme. Assim, você não vai parecer uma pessoa descontroladamente ciumenta e, sim uma pessoa que pensa, antes de falar.

E aí, gostou do artigo? Você concorda comigo ou com o autor que citei no começo? Haha. Deixe seu comentário. 🙂

#ciúme #relacionamento

0 visualização

CONTATO

  • Branca Ícone Instagram

ENDEREÇO

Rua Belo Horizonte, 1160 Adrianópolis

Manaus/AM

© 2018 - 2020 por Sua Psicóloga Online