• Aghata Valentim

Como definir limites em um novo relacionamento

Desde já, digo que este artigo será dividido em dois. Então fique atento ao próximo artigo.

Como terapeuta de casais, vejo muitos casais emaranhados, o que significa que suas vidas estão entrelaçadas uma na outra, perdendo assim a individualidade de cada um. Ambos os parceiros são amigos apenas das mesmas pessoas (ou de nenhuma pessoa, se os parceiros não concordarem em quais amigos são toleráveis), saem juntos apenas e não têm interesses externos que não são compartilhados.

Muitas vezes, um ou ambos os parceiros secretamente – ou abertamente – se sentem constrangidos e presos no relacionamento. No entanto, eles lutam para afirmar suas próprias necessidades ou desejos de independência, porque o relacionamento se desenvolveu nesse padrão e parece que nenhuma outra opção está disponível.

Nos primeiros estágios do namoro, quando parece que você e seu novo parceiro são as únicas pessoas na Terra, é normal e até mesmo saudável querer passar todo o seu tempo juntos. Este é o estágio de paixão ou lua de mel, e pode ser muito intenso e surpreendente. Mas esse estágio não dura para sempre, e não é saudável tentar estendê-lo pela totalidade do relacionamento.

Quando a lua de mel acabar

Não importa o quão apaixonado o casal seja, cada um precisa ter uma vida separada além da vida em comum, a fim de se sentirem completos e saudáveis.

A maioria das pessoas que estão no estágio de namoro, ainda encontram forças para se afastar de seus novos parceiros para passar tempo com amigos, familiares e se engajar em outros interesses e atividades.

Como a disfunção passada leva à co-dependência

Mas para algumas pessoas, especialmente aquelas que não aprenderam limites saudáveis ​​em casa, como pessoas criadas em famílias mais disfuncionais, podem parecer impossível estabelecer limites nos primeiros estágios do namoro.

Se o parceiro tem uma educação similar (e muitas vezes pessoas com deficiências de educação se encontram, mesmo que essas histórias familiares não sejam discutidas abertamente), é fácil ver como o casal acaba, anos a fio, em uma situação muito emaranhada. Os parceiros se tornam co-dependentes em vez de pessoas individuais.

Se você tem uma história de acabar excessivamente dependente de seu parceiro, sacrificando amigos, interesses externos e até mesmo o trabalho ou a escola para ficar perto do seu parceiro 24 horas por dia, você provavelmente se beneficiará ao aprender como estabelecer limites nessa relação.

Além disso, se você nunca viu um relacionamento saudável entre os pais quando cresceu, então é essencial que você aprenda como estabelecer limites, antes de acabar reproduzindo involuntariamente qualquer dinâmica insalubre que você tenha visto quando criança.

Fonte: https://www.talkspace.com/blog/2018/08/dating-set-boundaries-in-new-relationship/#more-10633

#relacionamento #relacionamentoamoroso #relacionamentosatisfatório

1 visualização

CONTATO

REDES SOCIAIS

  • Facebook ícone social
  • Instagram

© 2018 - 2020 por Sua Psicóloga Online