• Aghata Valentim

Não leia isto e continue dando tiros no seu próprio pé

Tenho certeza absoluta que minhas próximas palavras te deixarão chocado mas não posso deixar de proferí-las. Inúmeras são as razões que justificam a minha atitude, entre elas, a certeza que estarei levando a você um bem muito mais considerável que qualquer eventual dor.

Sabia que todo o mal que te assola é o fruto de uma semente que você mesmo plantou outrora?

Temos excepcional talento em nos auto boicotar. Fazemos isso de maneira tão natural que sequer percebemos. Entre escolher uma coisa que te fará bem e algo que não agregará nenhum valor na sua vida, você preferirá a segunda opção. Ou seja, escolherá justamente aquilo que não tem chance de dar certo.

Aplique esta fórmula a todos os segmentos da sua vida: profissional, pessoal, sentimental, acadêmico, etc.

Isso acontece de maneira inconsciente. Apenas repetimos tais comportamentos automaticamente, sem percebermos.

Toda as nossas experiências e o meio em que vivemos, desde a infância, afetam a nossa personalidade e também nossos traumas e medos.

O medo de fracassar costuma ser o combustível que alimenta a ardente chama do auto boicote. Este pode ser tão grande que impede você de se arriscar a tentar alcançar os seus objetivos. Como são processos inconscientes e automáticos, quando você se dá conta a oportunidade já passou e o sonho não se concretizou.

Saia deste ciclo em apenas 4 passos

  1. Fique pelado: Faça um striptease psicológico. Pare e observe-se. Reflita profunda e seriamente se há alguma questão na sua vida que, repetidamente, não dá certo e pondere até que ponto você tem influência direta neste resultado negativo.



  1. Converse com um bom amigo: Sempre que as coisas não vão bem, buscamos um bom amigo. Este que, involuntariamente, assiste a todos os seus maus resultados de camarote pode sinalizar quando acontecem os comportamentos repetitivos de auto boicote.

  1. Aceite ajuda: Às vezes, é somente disso que você precisa para conseguir ultrapassar os obstáculos. Pode parecer fácil mas ter humildade para admitir uma fraqueza dependerá inversamente do tamanho do seu ego.

  1. Conscientize-se: Faça isso gradualmente, no seu ritmo. O autoconhecimento é a chave para esta prisão.

Não permita que o medo ou a insegurança te paralise na busca de novos desafios e na realização dos seus sonhos. Viver é correr riscos, é lançar-se nas oportunidades, pois somente assim é possível se libertar e ser feliz!

#ajuda #amorpróprio #autoestima #motivação

0 visualização

CONTATO

  • Branca Ícone Instagram

ENDEREÇO

Rua Belo Horizonte, 1160 Adrianópolis

Manaus/AM

© 2018 - 2020 por Sua Psicóloga Online