• Aghata Valentim

O psicólogo não adivinha nada

Os psicólogos procuram com seu trabalho conhecer e dar visibilidade ao que chamamos aqui de dimensão subjetiva ou psicológica da realidade. É a dimensão dos sentimentos, emoções, ações, sentidos, significados, desejos e pensamentos que os sujeitos vão construindo no decorrer da vida e que permite pensar e sentir algo em relação às outras pessoas e situações vividas. Podemos pensar essa dimensão como um espaço dos registros individuais ou coletivos, conscientes ou não, que vamos fazendo a partir de nossas vivências. Pare aí um pouquinho e pense sobre sua vida. Você se relaciona com muitas pessoas, faz muitas coisas no seu dia a dia, conhece lugares (ou quase tudo) vai sendo registrado em você, como imagem, como sensação, como símbolo e como emoção.

Esse conjunto de registros emocionados é constitutivo do que você conhece como seu “eu”. Ou seja, somos o que vivemos, somos o que conhecemos e o que sentimos dessas vivências. Nossa vida psíquica é constituída por tudo isso e está em nós e fora de nós… no mundo onde vivemos com um conjunto de outras pessoas. Está em nós como registros (imagens, lembranças, ideias, valores, sentimentos) e está fora de nós como um mundo de objetos e significados que nos são familiares e, portanto, são parte de nós mesmos. Esses registros recebem (também de nós) uma carga afetiva e são, portanto, prazerosos ou não, ou seja, fontes de prazer ou de sofrimento.

Somos construtores de nós mesmos e fazemos essa construção a partir da relação com os outros e do contato ativo que temos sobre o mundo cultural humanizado.

Esses registros vão se organizando em nós e podemos chamar essa organização de subjetividade. É importante perceber que a subjetividade está em nós e fora de nós, está em nossa relação com o mundo social e cultural e nos constitui.

A Psicologia possui recursos teórico-técnicos para compreender e dar visibilidade e inteligibilidade a esse mundo subjetivo e pode fazer isso em relação a um sujeito ou a um coletivo de sujeitos. É isso mesmo. O psicólogo trabalha na compreensão dos registros ou das expressões e relações de um sujeito, ou trabalha na compreensão de um coletivo de sujeitos – os registros coletivos fazem, por exemplo, como as regras adotadas em uma instituição ou turma ou ainda valores e as regras morais adotadas por um conjunto social sobre as relações entre si e a possibilidade ou não do uso da violência).

Então, o psicólogo é um profissional que trabalha a partir dos conhecimentos da Psicologia dando visibilidade e inteligibilidade à dimensão subjetiva e transformando-a quando é fonte de sofrimento ou quando há interesse em sua mudança. Poderíamos, de forma simplificada, mas com certeza didática, afirmar que os psicólogos trabalham para ressignificar as experiências vividas, potencializando as pessoas como agentes ativos e de transformação de si mesmos e do mundo. Mas isso já diz respeito à finalidade do trabalho do psicólogo, que é nossa segunda questão.

Fonte: Psicologias uma introdução ao estudo de Psicologia/ Ana Mercês Bahia Bock e outros. Edição 2008.

#profissão #psicologia #psicólogo

0 visualização

CONTATO

  • Branca Ícone Instagram

ENDEREÇO

Rua Belo Horizonte, 1160 Adrianópolis

Manaus/AM

© 2018 - 2020 por Sua Psicóloga Online