• Aghata Valentim

O que é a psicoterapia infantil e como funciona?

O que é a psicoterapia infantil?

Qual é o seu objetivo?

Como funciona?

Se você se questiona sobre isso, chegou ao artigo certo. 🙂

Vamos lá!

A psicoterapia infantil é o cuidado e a atenção com a saúde mental da criança. É um espaço potencial para o acolhimento das angústias, medos, inseguranças e um momento de intervenções com os pais.

Com o intuito de promover uma infância saudável, o terapeuta utiliza a ludoterapia (psicoterapia adaptada para o tratamento infantil), que inclui jogos, brincadeiras e atividades criativas para caminhar rumo ao bem-estar da criança, a prevenção e a solução de conflitos.

QUAL É O OBJETIVO DA PSICOTERAPIA INFANTIL?

O objetivo é auxiliar na expressão das emoções de cada criança, pois através do lúdico, a criança pode expandir seus sentimentos acumulados de tensão, frustração, insegurança, agressividade, medo, espanto, confusão e ressignificar os eventos traumatizantes. Desta forma, o terapeuta exerce a função de facilitador, sendo capaz de identificar os conflitos e auxiliar na busca de melhores alternativas para lidar com eles, ao mesmo tempo em que, orienta os pais a como intervir diante dessas vivências.

COMO FUNCIONA A PSICOTERAPIA INFANTIL?

As primeiras sessões são realizadas com os pais, ou quem exerce essa função. O psicólogo realiza entrevistas iniciais para reunir informações sobre a história da criança e para conhecer a dinâmica da família em que a criança está inserida. Assim, o psicólogo tem maiores condições de entender a queixa e avaliar os objetivos do trabalho.

As sessões seguintes são realizadas apenas com a criança. Sabemos que as crianças não expressam seus sentimentos e emoções como fazem os adultos, verbalizam menos e tem outras formas de comunicações, por isso, o atendimento à ela é feito de forma lúdica, ou seja, “brincando” (desenhos, jogos, massinhas, etc.).

É através do brincar que a criança expressará seu mundo simbólico, e com o auxílio do terapeuta encontrará recursos de enfrentamento para se posicionar diante do mundo, mas desta vez, de forma saudável e sem prejuízos no seu dia a dia.

Encontros periódicos com os pais serão importantes ao longo da psicoterapia. A participação dos pais neste processo é imprescindível para sua evolução, muitas vezes, se faz necessário solicitar aos pais informações, como também, oferecer-lhes auxílio para o desenvolvimento satisfatório do processo psicoterapêutico. A parceria com a escola também é importante, já que, é no ambiente escolar que a criança passa boa parte do tempo.

Veja como a sua criança está e o que ela precisa para se desenvolver da melhor forma.

Então, gostou do artigo? Deixe seu comentário se gostou ou não e se tem alguma dúvida. 😉

#psicologiainfantil #psicoterapiainfantil

0 visualização

CONTATO

  • Branca Ícone Instagram

ENDEREÇO

Rua Belo Horizonte, 1160 Adrianópolis

Manaus/AM

© 2018 - 2020 por Sua Psicóloga Online